O que você sabe sobre a Depressão?

shallow focus photography of man wearing red polo shirt

Foto por Nathan Kowley em Pexels.com

A depressão é um distúrbio comum do afeto ou humor. O sofrimento psíquico manifesta-se sob forma de depressão, tristeza e indiferença que afetam o corpo e a alma.  Classificada como um transtorno de humor, a depressão modifica a atitude do indivíduo e a sua percepção de si mesmo perante o mundo, passando a enxergar seus problemas como grandes desgraças. Para um diagnóstico de depressão é necessário levar em conta: sintomas psíquicos; fisiológicos; e evidências comportamentais.

  Os episódios depressivos podem ser leves, moderados ou graves. Sua classificação e diagnóstico variam de acordo com o número, gravidade e duração dos sintomas. A grande maioria dos indivíduos que são acometidos de algum episódio depressivo apresenta como traço característico, um humor depressivo ou a perda de interesse, e ainda a perda do prazer, predominante por no mínimo duas semanas e provocando um sofrimento intenso e limitações no funcionamento social, ocupacional e afetivo.

A depressão como sintoma pode aparecer em inúmeras situações, como perda de entes queridos, situações econômicas e sociais desfavoráveis, fracasso pessoal e profissional, como também pode ser consequência de alguma condição patológica. Pode ser caracterizada como uma síndrome, com sintomas somáticos, cognitivos e psicomotores que são somadas às alterações relativas ao humor depressivo. Ela rompe a qualidade de vida, aumenta o risco de suicídio, e também pode ser um sinal inicial de uma doença crônica ou até mesmo resultado de uma doença física.

Embora as características mais peculiares das condições depressivas sejam as evidências dos sentimentos de tristeza ou vazio, nem todos os pacientes descrevem essa sensação, muitos citam principalmente, a perda da disposição de sentir prazer nas atividades em geral e a redução do interesse pelo ambiente. Outros sintomas que podem estar relacionados à depressão são: fadiga ou perda de energia nas atividades, cansaço excessivo mesmo após um esforço mínimo, sonolência, irritabilidade, perda de interesse, tristeza, atraso motor ou agitação, ideias agressivas, insônia, estados de rebaixamento do humor, a redução da capacidade de concentração,  redução do apetite, prejuízo de peso, perda da libido, sentimentos de desvalorização ou culpa excessiva. Pensamentos recorrentes acerca da morte, ideias de suicídio ou tentativas de suicídio podem ocorrer em casos mais graves.

Lembre, ao sentir os sintomas da depressão, busque ajuda especializada, consulte o medico psiquiatra e o psicólogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s