O que é Distúrbio do sono

woman sleeping

Foto por Ivan Obolensky em Pexels.com

De forma geral, os distúrbios do sono incidem em alterações de hábitos ou padrões. Tais alterações, são capazes de influenciar de forma negativa a saúde e consequentemente, o dia a dia das pessoas. Um dos resultados comuns de distúrbios do sono é a indisposição para conseguir realizar tarefas cotidianas.

O distúrbio do sono é composto por quatro fases, e cada uma delas é responsável por uma atividade diferente, dificuldades em alguma das fases pode trazer prejuízos a curto e longo prazo.

Fase 1: Abrange 10% da noite. Nesta fase, ocorre a mudança entre a vigília e o sono. Quando escurece, ocorre a liberação da melatonina no organismo, que induz a sonolência

Fase 2: Abrange 45% da noite. Na fase 2, suavizam os ritmos cardíaco e respiratório, os músculos relaxam e a temperatura corporal baixa. É a fase do sonho leve

Fase 3: Abrange 25% da noite. O corpo funciona mais devagar e o metabolismo cai. O coração passa a tocar em ritmo mais vagaroso e a respiração também fica mais leve

Fase REM: Abrange 20% da noite. Esta é a fase do sono profundo. REM, “movimento rápido dos olhos”. É nesta fase em que acontecem os sonhos, a pessoa tem descargas de adrenalina e há picos de batimentos cardíacos e pressão arterial.

Durante as três primeiras fases do sono, o corpo economiza energias, requer a restauração de tecidos, amplia a massa muscular e libera o hormônio de crescimento. Já na fase REM, há a consolidação da memória e do aprendizado. Quando a pessoa está dormindo e é acordada, ela volta logo após à fase 1 do sono, dando continuidade ao processo.

Os distúrbios do sono são altamente comuns, principalmente quando se fala em apneia e insônia. Todas as faixas etárias estão predispostas ao distúrbio. Se encontrar dificuldade para dormir o ideal, é buscar orientação médica e profissional o mais rápido possível, pois dormir de forma inadequada, pode ter grandes impactos negativos no dia a dia.

Sabe-se que um sono considerado adequado deve, promove o bem-estar, disposição, entre outros benefícios, uma vez danificado poderá ocorrer grandes alterações físicas e mentais. Pois a boa qualidade do sono é tão importante para a saúde do corpo quanto a alimentação e a prática de esportes

Causas e fatores associados à insônia. Doenças físicas, depressão, ansiedade, estresse, Cafeína, álcool ou outras drogas, ambiente insatisfatório como barulho ou luz excessiva, uso de determinados medicamentos, fumo em excesso, desconforto físico, cochilos durante o dia, deitar-se cedo ou passar muito tempo acordado na cama.

Os sintomas costumam variar muito de um distúrbio para o outro, como dificuldade para adormecer, no caso de insônia, ou comportamentos anormais durante o sono, como levantar da cama e caminhar, no caso de sonambulismo.

O tratamento, assim como outros fatores ao abordar as diferentes formas de tratar os distúrbios do sono, pode variar. Entre tratamento médico e terapias, só o médico poderá dizer qual o medicamento mais indicado para cada caso, como também a dosagem correta e a duração do tratamento.  Siga sempre as orientações do seu médico e nunca se automedique.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s