TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ESQUIZÓIDE

hombre-solo-sentado-mirando-un-lago

O transtorno de personalidade esquizoide é caracterizado por um padrão generalizado de distanciamento e desinteresse geral nos relacionamentos sociais e apático as emoções em seus relacionamentos interpessoais.

Indivíduos com esse transtorno geralmente não têm amigos próximos, acercar-se apenas de familiares de primeiro grau. São frios, distantes e fechados à afetividade, com isso são pouco afetados quando são elogiados ou criticados, não dando importância ao que os outros pensam a seu respeito.

Aparentam ser tímidos socialmente, superficiais e totalmente absorvidos no seu próprio mundo, uma vez que não buscam interações sociais e raramente contrapõem às tentativas de aproximação das outras pessoas. Tem pouca ou nenhuma expressão facial, não exibem as emoções e nem o que estão sentindo.

Não desejam ter intimidade e são apáticos quando surgem ocasiões em que podem desenvolver tais relações, para esses indivíduos, fazer parte de uma família ou grupo não lhes parece dar muita satisfação, o que os torna insensíveis a isso.

Além de afetar as relações sociais e pessoais, o transtorno de personalidade esquizoide pode prejudicar a atividade profissional do indivíduo, sobretudo se o trabalho exigir contato direto com outras pessoas. Por outro lado, se trabalhar isolado, pode ter um bom rendimento e destacar-se naquilo que faz.

A raiva e a alegria geralmente não são experienciadas por esses indivíduos, por vezes têm dificuldade em expressar raiva, mesmo quando são agredidos ou importunados. Quando surge alguma adversidade, o indivíduo esquizoide tende a responder de forma passiva, além de ter dificuldade em reagir de forma adequada quando acontece algo de importante na sua vida.

A vida dessas pessoas parece não ter significado, já que não evidenciam ter objetivos ou metas que almejam alcançar ou conquistar.

Pessoas com transtorno de personalidade esquizoide preferem ficar sozinhas, passando grande parte do tempo isoladas, sem contato social ou interação com os outros. Contudo, há ocasiões, embora que sejam raros, em que esses indivíduos podem se sentir à vontade para mostrar seus sentimentos.

Em situações de estresse, a pessoa com personalidade esquizoide pode manifestar crises psicóticas que podem durar de minutos a horas.

CAUSAS: Indivíduos que tiveram cuidadores emocionalmente apáticas, descuidados e distantes durante a infância, pode colaborar para o desenvolvimento do transtorno de personalidade esquizoide, alimentando a sensação da criança de que relacionamentos interpessoais não são gratificantes.

A vida dessas pessoas parece não ter sentido, já que não demonstram ter objetivos ou metas que desejam alcançar ou conquistar.do Transtorno esquizoide é mais comum em homens, especialmente se tiverem familiares com esquizofrenia ou transtorno de personalidade esquizotípica. Normalmente esse transtorno começa a se manifestar no início da idade adulta em vários tipos de situações.

Porém, durante a infância ou adolescência, o transtorno esquizoide pode se manifestar sob a forma de solidão e relacionamentos fracos com pessoas da mesma idade.

O tratamento do transtorno personalidade esquizoide é feito com psicoterapia e medicamentos psiquiátricos. Através da psicoterapia, o paciente é auxiliado a reformular pensamentos desviantes e diferenciar sentimentos da realidade, isso ajudara a pessoa a perceber os seus comportamentos e de como os mesmos atuam nos seus sentimentos e emoções. As mudanças são lentas e graduais, nos casos mais graves, os resultados podem ser pouco satisfatórios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s